logotipo comemorativo dos 80 anos da Justiça do Trabalho
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Especial Dia do Servidor: conheça os servidores mais antigos da Justiça do Trabalho do Ceará

Neste ano de 2021 em que a Justiça do Trabalho completou 80 anos de existência, é importante ressaltar a história de servidores que desempenharam ao longo desse período serviços relevantes à sociedade. No TRT/CE, os dois servidores com maior tempo de serviço dedicado ao órgão, 50 anos, trabalharam no Fórum Autran Nunes e na área administrativa do Tribunal.

Do sertão paraibano, nascido nos anos 50, José Wilson Cavalcante trabalhou na roça, limpou mato, quebrou pedra de calçamento. Aos 14 anos saiu da casa dos pais. Viajou para Olinda, Cedro, Acopiara, sempre em busca de melhores condições de vida e de trabalho. Nos anos 60, foi funcionário da Fábrica Fortaleza, tinha chegado à capital do Ceará.

Mas foi no dia 3 de novembro de 1971 que ingressou na Justiça do Trabalho cearense. “Eu nunca esqueci essa data”, destaca. Sua primeira lotação, onde trabalhou por 18 anos, foi na 4ª Junta de Conciliação e Julgamento de Fortaleza (4ª JCJ). Prestou serviços também nas 2ª, 3ª e 9ªJCJ, além da Distribuição do Fórum.

Contudo, a atividade que mais lhe aprazia realizar era a de ser motorista no Tribunal. “É porque na Paraíba eu já dirigia carro, jipe, rural. Eu adoro viajar e dirigir”, comenta. Lembra com saudade, ainda, de realizar o pregão das audiências, e entregar as correspondências nos Correios e Telégrafos, além de buscar o Diário da Justiça na Imprensa Oficial. 

Atualmente, José Wilson está lotado na Diretoria do Fórum Autran Nunes e declara ter uma gratidão imensa à instituição. “Toda atividade que eu assumo na Justiça, eu me sinto bem. Pra mim, o trabalho é tudo na minha vida, depois de Deus e da família”, conclui.

Lotado na Divisão de Segurança e Transporte do TRT/CE, Lucivan Nogueira Veras é o servidor com maior tempo de serviço no órgão que estava trabalhando até esse mês de outubro. São 50 anos no serviço público. Tomou posse em 10 de agosto de 1971, tendo atuado no setor de distribuição dos feitos e nas antigas JCJ, atualmente varas do trabalho.

Assim como José Wilson, o servidor também fez entrega de documentos e processos nas unidades jurisdicionais, além de deixar correspondências nos Correios. Nomeado nos anos 70 como guarda judiciário, o atual técnico judiciário da área de segurança Lucivan Nogueira teve deferida aposentadoria voluntária neste mês de outubro.