Programa Trabalho Seguro - TRT 7ª Região

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
  • Acessível por Libras

Seminário em Sobral debate saúde e segurança no trabalho

Sobral foi sede do 4º Seminário Regional Trabalho Seguro no Ambiente Laboral. O evento, que aconteceu no dia 26 de maio, reuniu especialistas, como magistrados, médicos do trabalho, professores, engenheiros e técnicos em segurança do trabalho para discutir a saúde e a segurança do trabalhador da região norte do Estado. O Seminário foi uma realização do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará em parceria com 40 instituições públicas e privadas responsáveis por promover ações de combate a acidentes de trabalho.

O encontro teve como tema central os transtornos mentais relacionados ao trabalho. O assunto foi abordado pela diretora-geral do Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador, Maria de Fátima Duarte Bezerra. Ela apresentou dados estatísticos de notificação do INSS e do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) referentes a transtornos mentais relacionados ao trabalho e notificação compulsória para a saúde do trabalhador. Em 2016, segundo a palestrante, foram registrados no Sinan 33 casos de afastamentos causados por doenças mentais.

Transtorno de humor, como a depressão, transtornos neuróticos (síndrome do pânico e estresse pós-traumático, por exemplo) e o uso de substâncias psicoativas, como o álcool e drogas, são os principais transtornos mentais que causam incapacidade para o trabalho no Brasil, de acordo com os dados apresentados.

A palestra de abertura do encontro foi proferida por um dos gestores nacionais do Programa Trabalho Seguro, o desembargador do TRT/CE Francisco José Gomes da Silva. O magistrado falou sobre Segurança do Trabalho e Cidadania. Em sua apresentação, exibiu várias fotos de acidentes e deixou uma mensagem aos participantes: “Seu maior patrimônio é a vida, sua maior proteção é a prevenção”.

O 4º Seminário Regional Trabalho Seguro no Ambiente Laboral foi destinado a trabalhadores, empresários, estudantes, advogados e demais profissionais da região interessados no assunto. O evento aconteceu no Centro de Convenções de Sobral e reuniu cerca de 700 pessoas. A última edição do Seminário aconteceu em Guaraciaba do Norte, na Serra da Ibiapaba.

Boas práticas
Além das palestras, empresas e entidades apresentaram boas práticas resultantes de experiências positivas ligadas à saúde e segurança do trabalho. A fabricante de calçados Grendene mostrou seu Programa Sim ao Comportamento Seguro, que tem o objetivo de promover mudanças de comportamento e estimular cuidados com os outros. Nos últimos três anos, a empresa investiu R$ 25 milhões em adequações e melhorias para a saúde e a segurança de seus colaboradores.

Exposições e atividades
A mostra “O Mundo sem Trabalho Infantil”, que reúne 12 painéis que retratam com textos, ilustrações, charges e fotografias a realidade de milhares de crianças brasileiras submetidas a esse tipo de atividade ilegal, ficou exposta no hall do Centro de Convenções, durante o evento. A curadoria da exposição é da gestão nacional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem da Justiça do Trabalho.

Também durante o Seminário, o Corpo de Bombeiros de Sobral realizou, no pátio externo do Centro de Convenções, uma exibição de equipamentos de segurança obrigatórios por lei, que se fazem necessários em todas as atividades laborais. Também houve uma demonstração do uso de extintores próprios para indústrias, fábricas e comércios.

Última Atualização: Quinta, 26 Abril 2018 12:46 Lido 1119 vez(es)  

Usuários Online

Temos 35 visitantes online