Trabalho Infantil

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
  • Acessível por Libras

Ministra Kátia Magalhães Arruda encerra Semana da Aprendizagem no Ceará

A ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Kátia Magalhães Arruda participou do encerramento da Semana Nacional de Aprendizagem no Ceará com um pronunciamento dirigido a empresários, procuradores, magistrados e dirigentes de entidades ligadas à rede de proteção à criança no Estado. A cerimônia aconteceu no plenário do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, na sexta-feira 6/5.

b_0_200_16777215_00_images_comunicacao_imagens_site_2016_maio_2016_ministra2.jpg

“Além beneficiar jovens, que têm a oportunidade de trabalhar e estudar ao mesmo tempo, o programa de aprendizagem é muito importante também para as empresas. Não só porque elas têm uma função social, como está na Constituição, mas porque repercute positivamente”, afirmou a ministra do TST, que é uma das gestoras nacionais do Programa Nacional de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem.

Para a ministra, a solução para a falta de mão de obra qualificada no Brasil passa pela contratação de jovens aprendizes. “Se o empresário buscar trabalhadores no mercado de trabalho vai encontrar pessoas desqualificadas. Mas se ele investir na aprendizagem, investir naquele jovem que está na escola, ele já entra na empresa com qualificação. O empresário ao contratar o aprendiz e investir nele, também estará investindo na sua própria empresa e na qualificação do Brasil”, enfatizou.

b_0_200_16777215_00_images_comunicacao_imagens_site_2016_maio_2016_ministra1.jpg

O presidente do TRT/CE, desembargador Tarcísio Lima Verde Júnior, afirmou que a Justiça do Trabalho vive uma nova fase. “Além de julgar processos, hoje também temos um compromisso com ações de responsabilidade social, como o combate a acidentes de trabalho, a erradicação do trabalho escravo e infantil”, disse. Falando para os empresários, o magistrado pediu que eles contratem aprendizes, não só como forma de cumprir a legislação, mas como meio de possibilitar o ingresso dos jovens no mercado de trabalho.

b_0_200_16777215_00_images_comunicacao_imagens_site_2016_maio_2016_ministra4.jpgEncerramento
A solenidade de encerramento da campanha começou com apresentações de vídeos sobre a Semana da Aprendizagem. A bibliotecária e contadora de histórias Rayara Bastos apresentou o cordel “A triste história de Maria”, de autoria do aluno Jarbas Lima, da Escola de Ensino Fundamental e Médio Abílio Monteiro, de Itaiçaba/CE.

Alunos do curso de Segurança do Trabalho do Colégio Estadual Joaquim Nogueira, Ícaro Rocha e Antônio Erinaldo, interpretaram a música “Somos da Segurança”, composta por eles mesmos. No pátio interno, foram realizadas a exposição fotográfica de autoria de Sérgio Carvalho, auditor fiscal do trabalho, e a mostra de pinturas de autoria de crianças semifinalistas e finalistas do Prêmio Peteca/2015. Encerrando a programação, foi lançado o livro “Mãe, conte-me uma história”, de autoria da ministra Kátia Magalhães Arruda.

b_0_200_16777215_00_images_comunicacao_imagens_site_2016_maio_2016_ministra3.jpgSemana da Semana da Aprendizagem
A Semana de Aprendizagem aconteceu de 2 a 6 de maio em todo o Brasil. No Ceará, houve palestras, exposições e audiência pública sobre o tema. A iniciativa foi uma promoção do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho em parceria com o Ministério Público do Trabalho e o Ministério do Trabalho e Previdência Social.

VEJA ÁLBUM DE FOTOS

Lido 2055 vez(es)