logotipo comemorativo dos 80 anos da Justiça do Trabalho
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Justiça do Trabalho lança consulta pública sobre metas nacionais para 2023

Justiça do Trabalho inicia nesta segunda-feira (20/6), em todo o país, consulta pública sobre as metas nacionais para 2023. A pesquisa, que tem a finalidade de dar cumprimento aos objetivos definidos na Estratégia Nacional de 2021 a 2026, estará disponível até o dia 1º de julho. Ela é dirigida a magistrados, servidores e demais usuários da Justiça do Trabalho, e deseja saber a opinião de quem utiliza os serviços oferecidos sobre os temas que devem ser priorizados e aperfeiçoados em 2023.

Acesse o formulário aqui.

Entre os temas pesquisados, há questionamentos acerca do grau de satisfação com a Justiça do Trabalho, além de opiniões sobre soluções em prol da agilidade processual, da melhoria dos serviços, da importância da conciliação, das ações direcionadas à qualidade de vida, bem como a adoção de metodologias inovadoras de gestão administrativa e processual, entre outros tópicos.

Esta é segunda pesquisa na qual a Justiça do Trabalho coletará, de forma unificada, a opinião dos usuários sobre as metas anuais. No período de 4 a 8 de julho, a Secretaria de Governança e Gestão Estratégica do Conselho Superior da Justiça do Trabalho consolidará os resultados globais e os estruturará em relatório. Os resultados individuais dos TRTs serão disponibilizados no mesmo prazo.

Estratégia Nacional

Resolução do Conselho Nacional de Justiça instituiu a Estratégia Nacional 2021-2026, após construção democrática e participativa da rede de governança do Poder Judiciário. Assim, foram estabelecidos novos macrodesafios para todo o Judiciário brasileiro. Com esse novo ciclo de planejamento, fortalece-se o processo de formulação participativa de metas, com a possibilidade de envolvimento de diversos colaboradores na sua elaboração.