logotipo comemorativo dos 80 anos da Justiça do Trabalho
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Fórum Trabalhista de Crateús recebe nome de Juiz do Trabalho Paulo Roberto de Vasconcelos Maia

Justiça do Trabalho do Ceará homenageia o juiz do Trabalho Paulo Roberto de Vasconcelos Maia designando seu nome para o Fórum Trabalhistas de Crateús. A solenidade, realizada no dia 10 de junho, na Vara do Trabalho da cidade, reuniu magistrados, advogados, servidores e autoridades municipais. Instalado em 1993, até então não havia sido atribuído nome ao Fórum de Crateús. Por proposição da Presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT-7), o nome do magistrado foi aprovado por unanimidade pelo plenário do órgão, em sessão realizada no dia 1º de outubro de 2021.

Veja as fotos aqui

Em seu discurso, a presidente do TRT-7, desembargadora Regina Gláucia Cavalcante, destacou a trajetória de vida e de dedicação profissional do magistrado. “A sua trajetória de vida pessoal e de dedicação à magistratura são exemplos que merecem ser guardados por todos nós, fazendo com que permaneça vivo em nossas memórias e refletido no dia a dia deste local de trabalho”, afirmou.

“Honra-nos designar, a essa sede do Judiciário laboral, o nome do querido colega magistrado, Paulo Roberto de Vasconcelos Maia, abrindo oportunidade à realização da justa, sincera e necessária homenagem à memória desse grande homem”, assentou a magistrada em seu discurso lido na solenidade pelo chefe do cerimonial em virtude da impossibilidade de seu comparecimento.

Natural de Fortaleza, o homenageado exerceu o cargo de procurador do estado do Ceará no período de abril de 1992 a março de 1993, quando ingressou como juiz do trabalho substituto no Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (PE), onde permaneceu até fevereiro de 1994. Nesse mesmo ano, ingressou na Justiça do Trabalho do Ceará, e em 1997 foi promovido a presidente da então Junta de Conciliação de Julgamento (JCJ) de Crateús. Em 2001, foi removido para JCJ de Quixadá.

O juiz do trabalho Paulo Roberto de Vasconcelos Maia também exerceu o magistério junto à Universidade de Fortaleza – Unifor, no período de 1989 a 2008. O magistrado foi agraciado post mortem com a Medalha Conselheiro João Alfredo Corrêa de Oliveira concedida pelo TRT-6 em 2010.

O desembargador Durval César de Vasconcelos Maia, irmão do homenageado, fez os agradecimentos em nome da família. “Tenho a firme convicção de que Paulo Roberto, na companhia de meus pais, Durval Maia e Maria da Penha, estão em festa, em regozijo pela justa e merecida homenagem prestada pelo TRT da 7ª Região à memória de nosso querido irmão, fazendo constar seu nome no pórtico da Vara do Trabalho do Crateús”.

“Ao final, em nome da família do nosso irmão, quero agradecer aos desembargadores do egrégio Tribunal Regional do Trabalho, na pessoa de sua presidente, des. Regina Gláucia Cavalcante Nepomuceno, por esta bela e justa homenagem à memória do juiz Paulo Roberto de Vasconcelos Maia, estendendo meus agradecimentos a todos os servidores do TRT, bem como a todos aqueles que colaboraram para a realização desta inolvidável solenidade”, concluiu o magistrado.

Vara do Trabalho

A unidade da Justiça do Trabalho do Ceará de Crateús está localizada a 353 km de Fortaleza, na microregião do Ceará conhecida como Sertões de Crateús. Atualmente, a Vara é presidida pela juíza do trabalho Daniela Pinheiro Gomes Pessoa. Sua jurisdição abrange os municípios de Ararendá, Crateús, Hidrolândia, Independência, Ipaporanga, Ipueiras, Monsenhor Tabosa, Novo Oriente, Nova Russas, Parambu, Poranga, Quiterianópolis, Santa Quitéria, Catunda, Tamboril e Tauá.