logotipo comemorativo dos 80 anos da Justiça do Trabalho
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Enel e Programa Trabalho Seguro do TRT-7 estudam parceria para combater acidentes laborais

3 homes e uma mulher sentados conversando, os homens vestem terno e a mulher blusa social vermelha e saia cinza
A reunião ocorreu na sede do órgão público, no bairro Aldeota

Buscar iniciativas para ampliar a conscientização de profissionais do setor elétrico sobre saúde e segurança do trabalho. Com esse objetivo, representantes da Enel e os gestores regionais do Programa Trabalho Seguro (PTS) do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (CE) reuniram-se nesta quinta-feira (10/3), na sede do órgão público, em Fortaleza, para estudar parcerias. O grupo planeja promover um seminário sobre o tema, voltado para eletricitários.

“Preservar a vida do trabalhador é uma das nossas principais preocupações”, afirmou o desembargador Francisco José Gomes da Silva, um dos gestores do PTS. O magistrado convidou representantes da empresa de energia motivado a evitar os casos de acidentes de trabalho no setor elétrico. “O acidente laboral é ruim não apenas para o trabalhador e sua família, mas para o empregador também. Por isso, a necessidade de encontrarmos soluções em conjunto com as empresas envolvidas, além dos sindicatos interessados”, frisou.

Eveline Uchoa, do setor jurídico da Enel, ressaltou que a empresa já trabalha com políticas e ações de conscientização sobre segurança do trabalho junto aos eletricitários terceirizados. “Nossa experiência no assunto pode colaborar muito positivamente para a organização desse evento”, garantiu a especialista.

Há 3 homens e uma mulher todos de pé olhando para a câmera
Representantes da Enel e gestores do Programa Trabalho Seguro

De acordo com Leandro Dias, diretor de saúde e segurança do trabalho da Enel, o trabalho seguro é um dos principais valores da empresa. “Estamos sempre buscando oportunidades para o trabalhador perceber os riscos da sua atividade e com isso sensibilizá-lo em prol da segurança laboral. Eu acredito no ‘acidente zero’!”, comentou o gestor.

Entre os assuntos acordados na reunião, foram sugeridos alguns temas para serem abordados no seminário, como o uso de EPIs (equipamentos de proteção individual) e a importância da política do “stop work”, isto é, o direito do eletricitário recusar-se a executar algum serviço caso vislumbre algum risco iminente de acidente.

O seminário ainda não tem data para acontecer, mas as partes envolvidas pretendem lançar campanha de divulgação do evento até junho.

O juiz do trabalho Carlos Alberto Trindade Rebonatto, gestor regional do PTS no primeiro grau do TRT-7, e o engenheiro eletricista André Luiz Firmino Gonzaga, chefe do Núcleo de Manutenção do órgão, também participaram da reunião.

Veja mais fotos do encontro aqui.