Logo
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker

Entidades são beneficiadas com doação de materiais recicláveis do TRT/CE

Assinatura dos termos de compromisso foi acompanhada por membros da Ecosétima, na Presidência do TRT/CE
Assinatura dos termos de compromisso foi acompanhada por membros da Ecosétima, na Presidência do TRT/CE

Com o objetivo de aperfeiçoar continuamente sua política de gestão de resíduos e de responsabilidade socioambiental, o Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) firmou compromisso com duas entidades para doação de materiais recicláveis. A Sociedade Comunitária de Reciclagem de Lixo do Pirambu (Socrelp) e a Associação de Catadores do Jangurussu (Ascajan) deverão coletar os itens descartados pela Justiça do Trabalho do Ceará para fins de reciclagem pele período de seis meses, prorrogáveis por até dois anos. Os termos de compromisso foram assinados pelo presidente do TRT/CE, desembargador Plauto Porto, na quarta-feira (16/12), na sede do órgão, em Fortaleza.

Veja aqui mais fotos.

Ambas entidades já vinham recebendo doação de materiais recicláveis do TRT/CE nos últimos anos. A cada dois anos, é lançado edital para cadastramento das instituições beneficiadas, e a Socrelp e a Ascajan conseguiram alcançar, mais uma vez, habilitação para firmarem os termos de compromisso. De acordo com os documentos, a cooperativa do Pirambu ficará responsável pela coleta dos itens descartados no Fórum Autran Nunes, enquanto a associação do Jangurussu coletará os itens oriundos da sede do TRT/CE.

Em 2019, entidades de coleta de material reciclável foram beneficiadas com mais de 14 toneladas de itens doados pelo TRT/CE
Em 2019, entidades de coleta de material reciclável foram beneficiadas com mais de 14 toneladas de itens doados pelo TRT/CE

De acordo com os últimos dados consolidados referentes à doação de materiais recicláveis pela Justiça do Trabalho do Ceará, 14.249 quilos de papel, papelão e plástico foram doados às entidades cadastradas para coleta no ano de 2019.

Segundo Silvana Dias, coordenadora do Núcleo de Gestão Socioambiental do TRT/CE (Ecosétima), a coleta seletiva solidária é uma das prioridades do Plano de Logística Sustentável do órgão, de forma a atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos. “Daí a importância de cada magistrado, servidor, estagiário e terceirizado fazer sua parte e separar os resíduos recicláveis do lixo, fazendo o descarte adequado”, ressalta a servidora.

Na ocasião da assinatura dos termos, a desembargadora Regina Gláucia Nepomuceno, que entrará em exercício como presidente do TRT/CE a partir de janeiro de 2021, garantiu o compromisso de sua Gestão com a pauta socioambiental. “Reforço a parceria com essas instituições e disponho-me a ouvir delas quais são suas demandas mais importantes”, declarou a magistrada.

Socrelp

Conforme Janete Cabral, representante da Socrelp, a cooperativa trabalha com quase todos materiais recicláveis, como papel, papelão, plástico, vidro, óleo de cozinha e eletroeletrônico, com exceção de pilhas, lâmpadas e baterias. Após a coleta, a entidade realiza a triagem e a comercialização do material para indústrias de reciclagem.

Esta é a terceira vez que a Socrelp assina termo de compromisso com a Justiça do Trabalho do Ceará. “Embora em 2020 não tenha tido muita coleta de materiais, por conta da pandemia, a parceria com o TRT/CE sempre teve um peso muito importante para nossa associação, que gera fonte de renda para 17 pessoas”.

Além do TRT/CE, a Socrelp coleta doações da Justiça Federal, Secretarias Estaduais de Educação e de Planejamento, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, condomínios, restaurantes e residências que estejam nas rotas de coleta. Mais informações pelo e-mail socrelp@gmail.com ou pelos telefones (85) 3214-3515 e 98613-0768 (Whatsapp).

Ascajan

Sebastiana do Carmo Alves “sempre trabalhou com reciclagem” e é membro da Ascajan desde sua criação, em 1998. Segundo a catadora, em 2006 a associação ganhou uma sede, que contempla uma área de convivência, cozinha e o galpão de armazenamento e triagem. A parceria com o TRT/CE vem de longa data. “E cada vez que a gente renova essa parceria, é uma vitória para os catadores”, comemora. Os 56 associados da Ascajan trabalham com papel, papelão, plástico, lata e vidro. Mais informações pelos telefones (85) 3291-2189 ou 98520-7116.

Antes de serem doados, os processos físicos passam por máquina de picotagem
Antes de serem doados, os processos físicos passam por máquina de picotagem

Descarte de processos físicos

No início de dezembro, parte do acervo de processos físicos eliminados pela Seção de Gestão Documental do TRT/CE foi doado para a Ascajan. A associação beneficiou-se com a doação de 3,2 toneladas de papel provenientes de autos judiciais de processos finalizados e arquivados, referentes ao período de 1974 a 2006.

“Antes de entregar os processos para doação, os documentos são picotados para garantir o sigilo das informações”, explica Ana Virgínia Lucena, coordenadora da unidade.