Logo
  • Selo 100% PJe
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker

TRT/CE e Ceará Sporting Club realizam ação conjunta de combate ao trabalho infantil

b_0_200_16777215_0_0_images_comunicacao_imagens_site_2020_10_outubro_2020_jogo1.jpg

Torcedores dos times do Ceará e do Corinthians que assistiram à partida de futebol no domingo (11/10) também presenciaram uma iniciativa de conscientização contra o trabalho infantil. A parceria firmada entre a Justiça do Trabalho do Ceará, por meio da gestão regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, e o Ceará Sporting Club contou com a participação do elenco alvinegro que entrou no estádio Castelão, em Fortaleza, com faixa que continha a frase “Não ao trabalho infantil. Sim à Educação de Qualidade”. Os jogadores também usavam máscara em alusão à campanha.

Uma das gestoras regionais do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, juíza Karla Yacy, disse que o objetivo da parceria é conscientizar o máximo de pessoas, por meio dos espaços que o clube ocupa na sociedade. “As pessoas gostam de esporte, interessam-se por futebol, acompanham. Então, uma parceria como essa com o Ceará Sporting Club traz um alcance enorme para a mensagem de combate ao trabalho infantil”, ressaltou a magistrada.

Além da ação realizada durante a partida, que garantiu a vitória de 2x1 para o time do Ceará, o Programa de TV da Justiça do Trabalho foi até a Cidade Vozão, Centro de Treinamentos da base alvinegra, para conhecer de perto o trabalho realizado com jovens do time de base. No local, são acolhidos cerca de 40 adolescentes que recebem toda a assistência do clube, inclusive escolar.

Ainda como parte da campanha de conscientização, o Vozão e o TRT/CE produziram um vídeo intitulado “Corrida dos Privilégios – Combate ao Trabalho Infantil”, veiculado em suas redes sociais. O filme de três minutos visa mostrar que a desigualdade é um dos caminhos que levam ao trabalho precoce de crianças e adolescentes. A ideia é conscientizar o maior número possível de torcedores sobre o tema. Assista:

Parceria

A juíza Karla Yacy (centro), juntamente com a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho do Ceará, Mariana Ferrer, fazem a entrega de máscaras e brindes à assistente social do Ceará, Ana Cláudia Dias (dir)
A juíza Karla Yacy (centro), juntamente com a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho do Ceará, Mariana Ferrer, fazem a entrega de máscaras e brindes à assistente social do Ceará, Ana Cláudia Dias (dir)

A juíza do trabalho Karla Yacy fez entrega de máscaras e brindes do Programa para distribuição entre o elenco do Ceará à assistente social do time, Ana Cláudia Dias. Na ocasião, a profissional falou sobre a importância de o clube estar engajado nesse tipo de ação solidária. “O que nós queremos, como clube, é conscientizar nossa torcida, nossa sociedade de uma maneira em geral, contra essa prática de violação de direitos das crianças. Sabemos que o primeiro passo para termos uma sociedade mais justa é proteger os direitos das crianças e dos adolescentes”, afirmou Ana Cláudia.

No ato da entrega, realizado no dia 8 de outubro, também foi anunciada a assinatura de acordo de cooperação técnica a ser firmado entre o Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem e o Ceará Sporting Club. A data de assinatura do convênio ainda vai ser divulgada.

Programa

As iniciativas fazem parte das ações do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem em alusão ao Dia das Crianças, comemorado no dia 12 de outubro. O Programa da Justiça do Trabalho é coordenado pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho e tem o objetivo de desenvolver, em caráter permanente, ações em prol da erradicação do trabalho infantil no Brasil e da adequada profissionalização do adolescente.