logotipo comemorativo dos 80 anos da Justiça do Trabalho
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Corregedoria do TRT/CE passa a realizar correições virtuais por videoconferência

A Corregedoria do TRT/CE publicou Ato que regulamenta a realização de correições ordinárias telepresenciais no âmbito do primeiro grau da Justiça do Trabalho do Ceará. A modalidade de correição virtual, por meio de videoconferência, será adotada em caráter excepcional, enquanto durar a situação de pandemia do coronavírus. A 15ª Vara do Trabalho de Fortaleza é a primeira unidade a receber correição virtual, de 9 a 11 de junho.

As audiências telepresenciais com advogados, partes e membros do MPT eventualmente inscritos ocorrerão no dia 11 de junho, das 9h às 9h45. Na sequência, das 9h50 às 10h25, haverá reunião com juízes e diretores da unidade. Por fim, a reunião de encerramento acontece a partir das 10h30.

Os interessados em participar da audiência pública com o corregedor-regional, especialmente partes, advogados e representante do Ministério Público do Trabalho, poderão fazer uso da plataforma definida por meio de seus computadores pessoais ou institucionais, tablets e celulares, desde que contenham câmera, microfone e acesso à internet, sendo necessária apenas a indicação de um e-mail ou número de celular com WhatsApp para o encaminhamento do convite para acesso via Google Meet.

A indicação do e-mail deverá ser feita em 24 horas antes da data designada para a realização da audiência telepresencial e encaminhada para a Secretaria da Corregedoria Regional pelo endereço eletrônico sec.corregedoria@trt7.jus.br.

Conforme o Ato, a Corregedoria, em razão da natureza das situações identificadas em cada unidade jurisdicional, poderá deliberar por realizar, posteriormente, nova
visita correicional ou correição extraordinária presencial, após o restabelecimento da normalidade institucional.

Leia aqui a íntegra do Ato da Corregedoria.