logotipo comemorativo dos 80 anos da Justiça do Trabalho
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Prêmio Combate ao Trabalho Infantil do TRT/CE revela vencedores

As identidades dos cinco finalistas do Prêmio Combate ao Trabalho Infantil do TRT/CE foram reveladas na manhã desta terça-feira (21/5), durante cerimônia na Sala de Sessões do Tribunal Pleno, na sede do órgão, na Aldeota, Fortaleza. Levi Holanda, lotado na Escola Judicial, foi o grande vencedor, sendo premiado com um notebook.

Veja mais fotos do evento aqui.

Em segundo e terceiro lugares ficaram Renata Barbosa Guimarães e Luana Mikeli Soares Teixeira, respectivamente da 13ª e da 6ª Varas do Trabalho de Fortaleza. Cada uma levou para casa um tablet. Em quarto e quinto lugares ficaram, respectivamente, Brenda Ketely de Oliveira Silva, da 2ª Vara do Trabalho de Fortaleza, e Marcilene Damasceno, da Divisão de Comunicação Social, que receberam kits com publicações impressas, camisa, boné, squeeze, caneta e pen drive.

Os eletrônicos foram doados pela Amatra7 (Associação dos Magistrados do Trabalho da 7ª Região) e pelo Sindissétima (Sindicato dos Servidores da Sétima Região da Justiça do Trabalho).

O concurso, voltado exclusivamente para os estagiários e estagiárias da Justiça do Trabalho do Ceará, foi idealizado pela Gestão Regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem (PCTI) como forma de escolher a imagem que representará a campanha do TRT/CE para o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado em 12 de junho.

Na primeira fase do concurso, jurados convidados avaliaram todos os 36 trabalhos inscritos. Os cinco trabalhos com melhores notas seguiram para a segunda fase, com votação de júri popular na intranet. do TRT/CE.

A ideia da realização do concurso nasceu da necessidade de engajar os estagiários como parceiros no combate ao trabalho infantil, afirmou a juíza do trabalho Karla Yacy, uma das gestoras regionais do PCTI. “Tenho a convicção de que, com este concurso, conseguimos formar multiplicadores em suas famílias, nos locais onde estudam e em suas comunidades. Como a questão do trabalho infantil é um problema cultural, quanto mais agentes engajados em disseminar a necessidade de combater essa forma de exploração mais isso enriquece a razão de ser do nosso Programa”, declarou a magistrada.

O desembargador Plauto Porto, presidente do TRT/CE, parabenizou pelo Prêmio ter conseguido criar uma integração entre os estagiários do órgão. “Que esta iniciativa também sirva como incentivo para que os estagiários continuem engajados nos estudos para conseguirem galgar suas posições na sociedade”, estimulou o magistrado.

Estagiário há um ano na Justiça do Trabalho do Ceará, Levi Holanda declarou que ficou muito lisonjeado com o reconhecimento do seu trabalho. Para criar a peça que concorreu ao Prêmio, o estudante revela que precisou estudar sobre o tema. “Percebi que o trabalho infantil é algo que parece que a gente não vê, está escondido. Por isso criei esse conceito para o cartaz, para dizer que o problema está na sombra, em locais não tão perceptíveis. Reflete que a gente tem que ter um olhar atento para perceber que nem tudo é aceitável e até pequenos trabalhos e atitudes que a gente vê no dia a dia podem ser uma maneira de exploração infantil”, explica o autor do trabalho vencedor.

A arte que Levi criou será utilizada em todas as peças de comunicação que o TRT/CE adotará na campanha para o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, durante o mês de junho. Para divulgação da campanha, estão previstos adesivos, folders, banners, postagens em redes sociais e busdoor (mídia externa no vidro traseiro de ônibus).

Além das autoridades já citadas, compuseram a mesa da cerimônia o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Ceará e o procurador-chefe substituto, respectivamente Francisco José Parente Vasconcelos Júnior e Antonio de Oliveira Lima; o presidente da Amatra7, juiz do trabalho Ronaldo Solano Feitosa; o juiz de direito Daniel Carvalho Carneiro, representando a Presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará; o presidente do Sindissétima, Charles Bruxel; e os demais desembargadores do Pleno do TRT/CE, entre eles a vice-presidente do órgão e uma das gestoras regionais do PCTI, Regina Gláucia Nepomuceno.

A cerimônia de premiação foi transmitida ao vivo pelo canal do TRT/CE no Youtube. É possível assistir ao vídeo aqui.

Veja mais fotos do evento aqui.