logotipo comemorativo dos 80 anos da Justiça do Trabalho
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Finalidades e objetivos institucionais do TRT

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região é composto por 37 varas do trabalho (1º grau) e 14 gabinetes de desembargadores (2º grau), todos operando com o sistema de Processo Judicial Eletrônico.


Do total de unidades judiciárias de 1º grau, 18 estão localizadas em Fortaleza e 19 no interior do Ceará. Possuem uma única vara do trabalho os municípios de Aracati, Baturité, Crateús, Eusébio, Iguatu, Limoeiro do Norte, Pacajus, Quixadá, Tianguá e São Gonçalo do Amarante. Os municípios de Caucaia, Maracanaú e Sobral contam com duas varas do trabalho. A cidade de Juazeiro do Norte contempla três varas trabalhistas.
Compete ao TRT da 7ª Região processar e julgar as ações oriundas da relação de trabalho. Empregadores e trabalhadores procuram as suas unidades em busca de soluções para litígios e pacificação de conflitos trabalhistas.


Ao cumprir com zelo sua missão, o TRT do Ceará visa a contribuir para a paz social e fortalecimento da cidadania, por meio de uma prestação de serviços públicos de maneira célere, produtiva e efetiva.


As diretrizes de gestão no TRT da 7ª Região estão definidas em seu planejamento estratégico institucional para o período de 2021 a 2026, conforme dispõe o Ato TRT7.GP Nº 64/2021


São objetivos estratégicos do Sétimo Regional;


- Fortalecer a comunicação e as parcerias institucionais
- Promover o trabalho decente e a sustentabilidade
-Garantir a duração razoável do processo
-Assegurar o tratamento adequado dos conflitos trabalhistas
-Garantir a efetividade do tratamento das demandas repetitivas
-Promover a integridade e a transparência em relação aos atos de gestão praticados
- Fortalecer a Governança e a Gestão Estratégica
-Incrementar modelo de gestão de pessoas
-Aperfeiçoar a gestão orçamentária e financeira
-Aprimorar a Governança de TIC e a proteção de dados