Logo
  • Selo 100% PJe
  • Selo Prata CNJ
  • Instagram
  • SoundCloud
  • Youtube
  • Facebook
  • Twitter
  • Flicker
Política de Cookies

O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT7) utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no portal implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais do TRT7.

Desembargadora Roseli Alencar é a nova presidente do TRT/CE

A desembargadora Maria Roseli Mendes Alencar é a nova presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE). Eleita por unanimidade no dia 10 de abril, ela foi empossada em cerimônia realizada na tarde de quinta-feira (14/6). Assumiram também a vice-presidência e a corregedoria regional, respectivamente, os desembargadores Francisco Tarcísio Guedes Lima Verde Júnior e Maria José Girão.

“Será nossa preocupação constante cuidar de uma Justiça mais célere, de processos com duração razoável, condizente com a demanda e necessidades da sociedade”, afirmou em seu discurso de posse a nova presidente do TRT/CE, desembargadora Roseli Alencar. Ela também destacou irá trabalhar no aprimoramento das gestões estratégica e por competências na Justiça do Trabalho do Ceará.

A nova direção vai administrar o TRT/CE até junho de 2014. Deixaram a presidência e a vice-presidência da Justiça do Trabalho no Ceará, respectivamente, os desembargadores Cláudio Pires e Manoel Arízio Eduardo de Castro.

A desembargadora Roseli Alencar terá sob sua responsabilidade um Tribunal que possui 29 varas do trabalho em funcionamento em treze municípios e autorização para instalar mais oito unidades. Juntas, as unidades judiciárias de primeira instância possuem jurisdição sobre todos os 184 municípios cearenses e recebem, por ano, uma média de 45 mil novas reclamações trabalhistas para solucionar.

Na segunda instância, são cerca 10 mil novos processos por ano para serem solucionados, atualmente, por um grupo de nove desembargadores e três juízes convocados. Já na primeira instância o TRT/CE possui 58 juízes titulares e substitutos. Outros 1.013 servidores auxiliam na resolução de conflitos trabalhistas.

O TRT/CE é também um dos mais antigos do Brasil e estava entre os oito primeiros criados pelo presidente Getúlio Vargas em 1º de maio de 1941, quando a Justiça do Trabalho ainda era subordinada ao Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio.

Currículos: A desembargadora Maria Roseli Mendes Alencar é magistrada há mais de 20 anos, tendo exercido o ofício nas unidades judiciárias de Crato, Iguatu, Limoeiro do Norte, Baturité e Fortaleza. Ela foi promovida por merecimento ao cargo de desembargadora em junho de 2010.

O desembargador Francisco Tarcísio Guedes Lima Verde Junior foi juiz titular de unidades judiciárias no Crato, Sobral, Fortaleza e Caucaia. Foi promovido por merecimento em outubro do ano passado.

Já a desembargadora Maria José Girão trabalha há mais de 25 anos na magistratura. Atuou como juíza nas varas localizadas nos municípios de Crato, Iguatu, Sobral, Pacajus e Fortaleza. Também foi promovida ao cargo de desembargadora em junho de 2010.

Leia aqui o discurso da desembargadora Maria Roseli Mendes Alencar.