Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
  • Mudar contraste
  • Acessível por Libras

O Ceará registrou, em média, 25 acidentes de trabalho por dia, em 2017, segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho. Foram 5.595 acidentes típicos, ocorridos no ambiente de trabalho, somados a 2.791 trabalhadores acidentados durante o trajeto de casa para o trabalho. Ao todo, aconteceram 8.674 acidentes de trabalho no estado, com 56 óbitos. Os números são um pouco inferiores aos de 2016, quando foram registradas 8.956 ocorrências.b_0_200_16777215_0_0_images_comunicacao_imagens_site_2018_abril2018_capa_inter.jpg

Preocupada com essa realidade, a Justiça do Trabalho do Ceará, por meio da gestão regional do Programa Trabalho Seguro (PTS), aderiu à campanha Abril Verde. O movimento nacional lembra duas datas importantes. O dia 7 de abril, marcado como Dia Mundial da Saúde, e 28 de abril, que é o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

Como parte das ações do Abril Verde, o PTS, em parceria com instituições públicas e privadas, irá realizar um ato público no Centro de Fortaleza, no dia 26 abril. A programação começa com uma caminhada partindo da Praça da Bandeira, às 9h, em direção à Praça do Ferreira. Lá, órgãos, como Ministério do Trabalho, OAB, Procon, Cenac e o Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador estarão atendendo à população.

O programa Trabalho Seguro também está lançando uma campanha voltada para o uso racional de celulares e mídias digitais. O uso de aparelhos no trânsito, por exemplo, é responsável por 55 mil acidentes por ano, no Brasil. Os dados são da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego. O uso de celular no trabalho também é causa de muitos acidentes, porque reduz a atenção do trabalhador. Segundo a Triad Consul, 80% dos brasileiros gastam até 3 horas da sua jornada de trabalho com atividades não produtivas, usando smartphones, por exemplo.

“Os acidentes criam um impacto na vida e na família do trabalhador, na sociedade, na Previdência Social, nas empresas e na economia. Além de gerar anualmente milhares de processos com pedidos de indenizações por dano material e moral”, afirma o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, Francisco José Gomes. Ele é um dos gestores regionais do Programa Trabalho Seguro.

Ainda para marcar a data, o prédio sede do TRT/CE, localizado no bairro da Aldeota, ficará iluminado na cor verde, durante todo o mês de abril.