logo img

Tereza Coelho Moreira

Teresa Coelho Moreira é Doutora em Direito e Professora da Escola de Direito da Universidade do Minho, Portugal. Licenciou-se em 1999 na Escola de Direito da Universidade do Minho, com a classificação de 17 valores (17em 20) – summa cum laude. Tirou o Mestrado na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra em 2003, com a classificação de 18 valores (18 em 20) – summa cum laude. Obteve o Doutoramento em 2010, na Escola de Direito da Universidade do Minho, com a classificação de aprovada por unanimidade - summa cum laude. É coordenadora executiva do Congresso Nacional de Direito do Trabalho desde 2006. É colaboradora em várias pós graduações, mestrados e doutoramentos em várias Universidades Nacionais e Internacionais, e oradora convidada em várias Conferências, Seminários e Congressos a nível Nacional e Internacional. Tem várias publicações, entre monografias e artigos de revistas, a nível nacional e internacional sobre Direito Europeu do Trabalho, Direito do Trabalho e Novas Tecnologias, Privacidade e Proteção de Dados Pessoais na Relação de Trabalho, e Igualdade e Não Discriminação. É membro da direção da APODIT – Associação Portuguesa de Direito do Trabalho, e secretária da mesma, membro integrado do JusGov – Centro de Investigação em Justiça e Governação -, e coordenadora da linha de pesquisa em Direitos Humanos, na Escola de Direito da Universidade do Minho, e vice-diretora do Mestrado em Direito e Informática da Escola de Direito da Universidade do Minho. É membro do Conselho de Redação da Revista com peer review Questões Laborais, membro da Comissão Científica da Revista com peer review Scientia Iuridica, membro da Comissão Científica da Minerva – Revista de Estudos Laborais, membro da Comissão Científica da Revista com peer review Labour & Law Issues, em Itália, e membro da Comissão Científica da Revista Galega de Dereito Social, Espanha. É correspondente nacional da Revista Revue de Droit du Travail et de la Securité Sociale, em França. Tem participado em vários projetos de investigação a nível nacional e internacional, alguns financiados pela Comissão Europeia. É membro fundador da APODIT - Associação Portuguesa de Direito do Trabalho, membro da Associação de Estudos Laborais, membro da Comissão de Honra da Associação de Jovens Juslaboralistas, membro representante de Portugal no INLACRIS - Independent Network for Labour Law and Crisis Studies, grupo que tem realizado vários projetos de investigação internacionais apoiados pela Comissão Europeia, membro honorário da IDEIA – Instituto de Direito e Inteligência Artificial, e membro do Gender Labour Law Research Network, University of Kent.